Apresentação

A Rota de Souto é uma prova de BTT – classe XCM. São cerca de 40 km percorridos pelos trilhos da vila de São Miguel de Souto, em Santa Maria da Feira.

A Associação Roda Souto Team nasceu no âmbito da realização deste evento. Sendo a ideia principal a angariação de fundos para que este evento expandisse e, ao mesmo tempo, participar e colaborar com as diversas actividades da Vila de São Miguel de Souto, ajudando as instituições locais, expandindo horizontes e criando condições para a economia local evoluir.

Assim, no dia 31 de Março de 2015 fundou-se a Associação Roda Souto Team. É uma associação sem fins lucrativos e que tem como objecto o desenvolvimento desportivo, cultural, recreativo e social, dinamizar e incentivar a prática desportiva e de lazer, e contribuir para a protecção, defesa, promoção e divulgação do património cultural, artístico, paisagístico e ambiental.

Com o intuito de melhor organizar o evento “Rota de Souto – BTT” esta associação criou meios para que este projecto avançasse, nomeadamente através de uma estrutura sólida, com condições que transmitem confiança aos investidores e parceiros.

A “Rota de Souto – BTT” teve a sua primeira edição em 2013 através de uma parceria com a Junta de Freguesia de S. Miguel de Souto e, com a vontade e meios próprios de alguns elementos, que hoje fazem parte da associação. O sucesso e a adesão foram tais, que o evento não mais parou de crescer. Com isso, cresceu também a curiosidade, não só pela prova mas também pela freguesia.

Ora, com efeito, a economia local, nos dias da prova e antecedentes, sofre um aumento acentuado, mais concretamente a nível de restauração e turismo. O que, de facto, incentivou à criação desta associação, que visa, também, promover as gentes, a terra e o que de bom se produz.

A saúde e o bem-estar em geral é, para a associação, essencial para uma vida mais feliz. Usando este motivo, a Roda Souto Team propõe-se a organizar eventos desportivos que o visam: cicloturismo, caminhadas, etc.

A Associação Roda Souto Team sente-se na obrigação de continuar este trabalho iniciado há dois anos pelas razões invocadas, mas sobretudo pelo desejo de continuar a promover esta terra que tanto nos dá.

Está na hora de retribuir!